quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

Limites

A vida é um conjunto de limites, ela própria é um limite, nela não podemos fazer uma série de coisas, tão pouco vive-la eternamente.
Por isso é difícil não ser limitado, mas vamos ousar, transcender, viver nos limites.
Quem sabe aumentamos alguns? Tem regra, mas não tá clara, não precisamos esclarecer, só viver!

terça-feira, 24 de junho de 2014

Fim - Fernanda Torres

Ponto de vista,

Resumiria o livro dizendo que tudo é uma questão de ponto de vista. Existem alguns fatos que são contados diversas vezes no livro, porém cada vez com um olhar, por um personagem. Vilões se tornam mocinhos e vice versa, depende da ótica que se vê. E assim é a vida, não que existem vilões e mocinhos.



Uma ótima leitura.

quinta-feira, 10 de abril de 2014

A cidade do sol

Uma leitura incrível, um livro que devorei por assim se dizer.
Acredito que somos responsáveis por nossas vidas e o rumo que elas seguem. Para mim a nossa felicidade depende única e somente de nós e do que buscarmos alcançar. Por acreditar nisso me choquei com este livro, pois ele retrata uma história que ocorre no Afeganistão e suas personagens principais por mais que queiram vidas melhores não conseguem. Infelizmente a cultura e o caos do país em que vivem não permite isto.  


O livro mostra que pessoas que vivem num mesmo espaço de tempo que o meu sofrem com uma realidade cruel. Algo inconcebível para os dias de hoje, algo inconcebível para qualquer dia. E com uma comparação tenho a certeza que vivo em um lugar maravilhoso, não serve de consolo para aceitar a realidade atual do meu país, pois ainda temos muito que evoluir enquanto pais/nação, porém, com certeza, estamos num ponto ímpar onde todos são livres para buscar seus sonhos e a quase todos é permitido galgar oportunidades.

segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

21 - Trocar de Carro



Então, foram-se 134 mil quilômetros de cia.
Muitas histórias, diversos momentos...
O primeiro carro, valente, descobri a liberdade com ele, juntos demos mais de 3 voltas na terra.
Não sou de ter apego a bens materiais, mas creio que sentirei saudades do celtinha branco.




sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014

77 - Usar aliança


Sabe, esperei tanto por este momento que quando aconteceu não entendi o seu sentido.

Esta tradição não combinou, pareceu muito clichê, uma simbologia que não coube no nosso universo particular. Amar, sonhar e estar feliz por ter alguém especial ao meu lado não tem preço e nem laços materiais que representem tão bem o que sinto, sentimos.

E para não parecer que foi falta de vontade duas tentativas foram feitas e ambas abortadas. Nossos dedos sentiram por meros 15 minutos o que é carregar uma aliança e com isto considero realizada esta meta.

sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

67 - Mandar flores;


Um gesto tão simples e tão legal.
Me surpreendi com a alegria que senti ao tornar o dia de alguém especial mais belo.
<3 p="">
Realizado dia 12/12/2013.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...